Arquitetos propõem aeroporto flutuante para Londres

, , No Comments

Um escritório de arquitetura propõe um projeto revolucionário para um futuro aeroporto para a cidade de Londres. Os profissionais da Gensler criaram um projeto que prevê a construção de um enorme complexo, com quatro pistas de pouso e decolagem, além de edifícios e torres, sobre o rio Tâmisa, que corta a capital inglesa.

Projeto bilionário seria uma opção para resolver as limitações do antigo aeroporto londrino (Foto: Divulgação)Projeto bilionário seria uma opção para resolver as limitações do antigo aeroporto londrino (Foto: Divulgação)
O projeto, batizado de London Britannia Airport, seria uma maneira de desafogar o aeroporto de Heathrow. O projeto inovador substituiria o velho aeroporto londrino, alvo de pesadas críticas por conta de suas limitações durante as Olimpíadas.
Caso construído, o aeroporto flutuante teria quatro pistas, cada uma com cinco quilômetros de extensão, todas presas ao fundo do estuário. Ele seria conectado à cidade através de um trem de alta velocidade construído no subsolo.
Distante de zonas urbanas, o aeroporto teria a vantagem de não gerar perturbação aos vizinhos do complexo e poderia funcionar por 24 horas ininterruptas para pousos e decolagens. Em relação ao antigo Heathrow, os arquitetos propõem sua revitalização, com a transformação do espaço em bioparques e área residencial para 300 mil pessoas.
Contudo, o grande problema da ideia dos arquitetos da Gensler está no fato de que seu custo, que já é proibitivo em períodos de bom momento econômico, dificilmente seria aprovado na atual fase de contração econômica global. A estimativa é que a construção do London Britannia Airport custe US$ 80 bilhões.
Via Dvice