Pinterest bloqueia qualquer ação dos usuários vinda do site sex.com

, , No Comments

Pinterest proibiu qualquer usuário de pinnar conteúdo do site Sex.com. O caso gerou bastante polêmica na web, já que existem muitas imagens sensuais ou de “nu artístico” na rede social. Por isso, os responsáveis pelo site erótico ficaram chateados com a decisão da companhia, que emitiu comunicado oficial se defendendo e garantindo que qualquer foto com nudez ou pornografia pode ser denunciada e será removida do site.

Polêmica entre Pinterest e site de fotos se espalhou na web (Foto: Reprodução)Polêmica entre Pinterest e site de fotos se espalhou na web (Foto: Reprodução)
Considerado por muitos uma espécie de “Pinterest da pornografia”, com um layout bem semelhante ao do “serviço original”, o Sex.com é uma página onde os usuários costumam publicar imagens picantes. Até algum tempo atrás, era possível compartilhar links da página no Pinterest. No entanto, agora existe um bloqueio para pins vindos da página.
“Em todos os termos do Pinterest, eles dizem que os pins são de responsabilidade do usuário. Então por que impedem pins do Sex.Com?”, questionou, inconformado, Lain MacNeil, o fundador do Sex.com, em entrevista ao site Techcrunch.
No entanto, a resposta da rede social foi rápida. Barry Schnitt emitiu um comunicado oficial esclarecendo o fato para aqueles que acharam injusta a “censura” ao site de imagens de sexo. De acordo com ele, nunca foi permitido postar fotos de nudez ou pornografia na rede social.
“O Pinterest não permite nudez ou pornografia. Nunca aceitou. Não sei nenhuma rede social que aceite. Não tenho certeza sobre qual é a polêmica aqui, mas estamos orgulhosos de nossa posição no caso e dos nossos esforços para manter o site limpo”, destacou.
Via Gizmodo