iFixit desmonta iPhone 5 no dia do lançamento

, , No Comments

Logo nesta sexta-feira (21), quando se iniciou a comercialização do iPhone 5 em diversas localidades do mundo, o site iFixit conseguiu revelar alguns dados bem interessantes. O site ganhou notoriedade no mundo da tecnologia por “abrir” os produtos da Apple para analisar detalhes de seu hardware e de sua composição interna. E com o iPhone 5 não foi diferente.

iPhone 5 foi todo desmontado pelo site iFixit (Foto: iFixit)iPhone 5 foi todo desmontado pelo site iFixit (Foto: iFixit)
O site conseguiu realizar o processo no primeiro dia de vendas do produto no mercado. Luke Soules, co-fundador da página, viajou para a Austrália, país onde as vendas se iniciaram mais cedo, só para adquirir logo um iPhone 5. Uma hora depois de comprá-lo, ele já estava desmontando o telefone.
Assim, conseguiu expor o processador A6 e revelar as especificações da bateria, por exemplo, com 3.8 V, 5.45 Wh e 1424 mAh. A duração dela é de 225 horas em standby e até 8 horas em 3G. O conector de dock mostrado por dentro e o chip Qualcomm MDM9615 também foram pontos marcantes do “teardown”.
A avaliação final do hardware do smartphone foi uma nota 7, em um máximo de 10. Entre os comentários feitos pelos responsáveis do site, um deles chamou a atenção. “Estamos tendo flashbacks do iPhone 3GS por causa da facilidade de mexer nele”. Outro comentário animador para os usuários é o que diz que o “iPhone 5 é o mais fácil de se reparar até hoje”. Dentre as críticas, destaque negativo para o fato de a parte frontal ser única e por haver uma grande quantidade de componentes pequenos.
A análise completa, em inglês, com os passos do procedimento de desmontagem, pode ser encontrada no próprio iFixit, em inglês. São exatos 34 passos, detalhando cada pequeno componente do produto e dando os pontos positivos e negativos de cada um deles, com uma avaliação geral da parte interna do iPhone 5.
Se você pensa em adquirir um e dá importância aos dados de hardware e manutenção dos smartphones, vale a pena conferir.
Via 9To5Mac