Apple promete não fornecer informações dos usuários ao FBI

, , No Comments

Um dia depois de um grupo de hackers AntiSec afirmar que havia conseguido roubar do FBI informações de 12 milhões de clientes da Apple, a companhia norte-americana prontamente se posicionou sobre o assunto e desmentiu qualquer tipo de vazamento. “O FBI não pediu nenhuma informação da Apple e nem nós divulgamos qualquer dado ao FBI ou outra organização", disseram.

Lista de UDIDs caiu na Internet recentemente (Foto: Reprodução)Lista de UDIDs caiu na Internet recentemente (Foto: Reprodução)
De acordo com os hackers, os dados teriam sido desviados de supostas informações passadas pela Apple ao FBI. No entanto, a empresa garantiu que nunca repassou detalhes de contas de ninguém para nenhuma outra organização e que não seria possível que estas informações tivessem vazado. De qualquer forma, os responsáveis pela gigante da computação garantem que o sistema UDID vai deixar de ser utilizado em breve.
“O FBI não pediu nenhuma informação da Apple e nem nós divulgamos qualquer dado ao FBI ou outra organização. Além disso, no iOS 6 introduzimos uma nova API que vai substituir o uso do UDID e vai acabar com o uso deste”, disse Natalie Kerris, representante da Apple, ao site All Things D.
Apesar da negativa da Apple, o suposto arquivo com os 12 milhões de detalhes de números de smartphones da companhia em todo o mundo teria sido verificado por diversos especialistas. Tokens, nomes de dispositivos, tipos de dispositivos, notificações por push e dados de login e senha de várias pessoas foram encontrados e confirmados no tal documento vazado pelos hackers.
“Nunca gostei do conceito de UDIDs desde o início, é fato”, criticou um dos líderes do grupo hacker.