Câmera Memoto promete registrar seus melhores momentos automaticamente

, , No Comments

Um novo dispositivo chamado Memoto Lifelogging Camera, desenvolvida pela empresa Memoto, promete fazer com que os usuários nunca mais percam um clique. A pequena câmera foi desenvolvida para aquele momento que você adoraria eternizar em uma fotografia e não apenas em sua mente. Automática, a Memoto age a cada trinta segundos quando ligada.

A Memoto Lifelogging Camera é uma pequena máquina para ser "vestida" (Foto: Divulgação)A Memoto Lifelogging Camera é uma pequena máquina para ser "vestida" (Foto: Divulgação)
A câmera é um pequeno objeto feito para ser “vestido” graças a um clipe traseiro, que pode ser preso a roupas, por exemplo. Então, a cada trinta segundos, quando ativada, ela clica uma determinada imagem e só para de registrar quando você a abaixa ou então guarda-a em seu bolso. É a tecnologia a serviço do conceito de “lifelogging”, que vem sendo cada vez mais utilizado atualmente.
Utilizando um aplicativo especial, esta câmera permite que um usuário não só fotografe como também organize, arquive e compartilhe as imagens que clicou. Já há câmeras que realizam tarefas semelhantes no mercado, como a Autographer, porém a sua execução é diferente. Ela é praticamente um “Big Brother” da vida do usuário, em fotos estáticas clicadas com uma enorme frequência e diariamente.
A Memoto Lifelogging Camera tem baterias que duram dois dias e capacidade de guardar até 4 mil fotos sem a necessidade de transferência de arquivos. Além disso, a companhia também oferece um serviço de armazenamento com 1,5 TB por um valor mensal. Até porque, tirando fotos a cada 30 segundos do dia, ela necessitará de bastante espaço.
App da Memoto serve para organizar as fotos clicadas (Foto: Reprodução)App da Memoto serve para organizar as fotos clicadas (Foto: Reprodução)
A Memoto lançou uma campanha de arrecadação de dinheiro pelo site de crowdfunding Kickstarter e, em menos de 24 horas, já alcançou mais de US$ 200 mil (R$ 400 mil), quatro vezes os US$ 50 mil (R$ 100 mil) pretendidos. Quem doar de US$ 199 (R$ 400) a US$ 279 (R$ 560) garante uma unidade da câmera em pré-venda. O aparelho deve começar a ser vendido a partir do início do ano que vem.