Rapaz vende rim para comprar iPhone e iPad e envolvidos são presos

, , No Comments
Cinco homens são acusados de planejar e organizar uma cirurgia clandestina em um garoto de 17 anos, morador do sul da China. Identificado apenas como Wang, o jovem, em abril do ano passado, se submeteu ao procedimento para a retirada de um dos rins em troca de aproximadamente R$ 6.400. Com o dinheiro, o rapaz comprou um iPad e um iPhone.

Garoto vende rim para comprar produtos da Apple (Foto: Reprodução)Garoto vende rim para comprar produtos da Apple (Foto: Reprodução)
Entre os acusados está o próprio cirurgião, que teria recebido aproximadamente R$ 64 mil. Além dele, receberam dinheiro um homem que atuou como auxiliar na cirurgia e três outros envolvidos na negociação. Por consequência do procedimento mal feito, o rapaz agora sofre de uma doença renal.
A comercialização de órgãos ilegais na China é cada vez mais comum. As estatísticas oficiais mostram que mais de um milhão de pessoas no país precisaram de um transplante no último ano, sendo que 10% o receberam de forma ilegal. Por outro lado, poucos chineses concordam em doar seus órgãos após a morte, o que agrava o problema. Para combater essa prática, a China proibiu o comércio de órgãos humanos em 2007, e introduziu um programa de doadores voluntários.