Orkut é a rede social campeã em denúncias de crimes online, diz Safernet

, , No Comments

Orkut é a rede social que abriga o maior número de denúncias de crimes cibernéticos. O levantamento foi feito pela ONG Safernet Brasil, que criou um site para listar as páginas que mais foram alvo de queixas durante o período de seis anos. A Central Nacional de Crimes Cibernéticos traz dados de entidades que recebem algumas denúncias, como é o caso da Polícia Federal e a Secretaria de Direitos Humanos.

Safernet lança site para reunir denúncias de crimes na Internet (Foto: Reprodução/Safernet)Safernet lança site para reunir denúncias de crimes na Internet (Foto: Reprodução/Safernet)
O estudo afirmou que o endereço “orkut.com.br” registrou 179.993 (39%) denúncias em todo o mundo, enquanto o “orkut.com” recebeu 143.528 (31%) denúncias. Já o Facebook ficou em quarto lugar, com 11.255 (2%) das denúncias, seguido do Twitter com 7.392 (1%). Mas, Caio Sacramento, diretor de tecnologia da informação da Safernet, afirmou que o número de denúncias na rede social de Mark Zuckerberg deve crescer por conta da diminuição do uso do Orkut.
De acordo com a pesquisa da Safernet, mais de 3,1 milhões de denúncias foram processadas envolvendo quase 500 mil páginas únicas escritas - sendo essas URLs escritas em nove idiomas e distribuídas por 88 países. Segundo Sacramento, o objetivo da ferramenta é disponibilizar, para consulta pública, dados completos, neutros e confiáveis em relação a oito crimes cibernéticos.
A Safernet possui uma central única na América Latina e conta, em média, com 2,5 mil denúncias por dia envolvendo páginas com evidências de crimes, como pornografia infantil ou pedofilia, racismo, neonazismo, intolerância religiosa, apologia e incitação a crimes contra a vida, homofobia e maus tratos a animais. De todas as denúncias realizadas, 99% são anônimas.
De acordo com os dados revelados pela organização, a pornografia infantil é o crime que mais recebe denúncias no Brasil. Um levantamento realizado pelo site entre o período de janeiro de 2006 a outubro de 2012 mostrou que foram feitas mais de 4 mil denúncias sobre o crime. Esse número representa 38,65% do total no país. Logo em seguida vem o racismo, respondendo por 21,8% das denúncias feitas no Brasil.
As queixas recebidas serão analisadas tanto automaticamente como por membros da ONG, para, então, serem enviadas aos Ministérios Públicos e à Polícia Federal. A atualização dos dados, de acordo com Sacramento, será realizada mensalmente. "O usuário faz a denúncia anônima dentro dos canais. Independentemente do local onde ela foi feita, a denúncia passa pelo mesmo fluxo, chegando à Safernet. Ela é analisada automaticamente, depois por um membro da ONG. A partir daí é feita uma coleta de provas no momento da denúncia para enviar para o órgão responsável”, afirmou.